sábado, 24 de setembro de 2011

Cristo é a luz que ilumina as trevas da vida, diz Papa aos jovens


"Ao nosso redor pode haver a escuridão e as trevas, todavia vemos uma luz, uma chama pequena, que é mais forte do que a escuridão. Cristo, que ressuscitou dos mortos, brilha neste mundo". Foi o que disse o Papa Bento XVI na Vigília de Oração com os jovens, neste sábado, 24, na Feira de Friburgo, durante sua visita apostólica à Alemanha.

O Santo Padre destacou que, aqueles que acreditam em Cristo, não são poupados do sofrimento, mas mesmo "na noite mais escura", enxergam uma luz e "veem já o fulgor de um novo dia".

Ao longo da história, explicou o Papa, algumas pessoas se consideraram "portadores de luz", mas sem terem sido iluminados por Cristo, "que é a única verdadeira luz", eles não criaram nenhum "paraíso terrestre", pelo contrário, instauraram ditaduras e sistemas totalitários onde a humanidade foi sufocada. 
Neste ponto, não devemos calar o fato de que o mal existe, afirmou o Papa. "Vemos o mal em tantos lugares, mas o vemos também na nossa própria vida... no nosso próprio coração, existe a inclinação para o mal, o egoísmo, a inveja, a agressividade".

Então como pode Cristo dizer que os cristãos são a luz do mundo?, indagou o Pontífice. "Cada batizado – ainda antes de poder realizar boas obras ou particulares ações – é santificado por Deus. No batismo, o Senhor acende, por assim dizer, uma luz na nossa vida, uma luz que o Catecismo chama a graça santificante. Quem conservar essa luz, quem viver na graça, é efetivamente santo", explicou.

O Papa afirmou que para Cristo não importa quantas vezes vacilamos ou caimos na vida, mas quantas vezes nos erguemos. "Não exige ações extraordinárias, mas quer que a sua luz brilhe em vós. Não vos chama porque sois bons e perfeitos, mas porque Ele é bom e quer tornar-vos seus amigos. Sim, vós sois a luz do mundo, porque Jesus é a vossa luz. Sois cristãos, não porque realizais coisas singulares e extraordinárias, mas porque Ele, Cristo, é a vossa vida", destacou.

O Santo Padre motivou os jovens a não ter medo de fazer renúncias por amor a Cristo: "Não tenhais medo de perder alguma coisa, ficando, no fim, por assim dizer de mãos vazias. Tende a coragem de empenhar os vossos talentos e os vossos dotes pelo Reino de Deus e de vos dar a vós mesmos – como a cera da vela –, para que o Senhor ilumine, por vosso meio, a escuridão".

"Sabei ousar ser santos ardorosos, em cujos olhos e coração brilha o amor de Cristo e que, deste modo, trazem luz ao mundo... Vós sois a luz do mundo", concluiu Bento XVI.

O Pontífice continua seus compromissos neste domingo, com a Missa no Aeroporto Turístico de Friburgo, em seguida, fará a recitação do Angelus.

Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Videos

Loading...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes